Em tempo de crise, a prática do esporte virou prioridade em Maceió

0431

O esporte sempre foi apontado como opção de lazer e atração para a população, independente de classe. Acima disso, está à questão da prática esportiva ser de fundamental importância para a inclusão social e justamente no momento em que o país passa por uma das piores crises financeira e política da história, o investimento no setor esportivo tem se tornado uma grande saída.

A prova disso é que várias secretarias tiveram seus custos reduzidos, fazendo com que uma determinação para buscar parcerias com a iniciativa privada e com as entidades esportivas fosse realizada. Diante do quadro, a Secretaria Municipal de Esporte e lazer viabilizou projetos e concretizou ações, durante todo o ano de 2015, estimulando práticas esportivas e de lazer voltadas à melhoria da qualidade de vida da população, investindo em torno de R$ 900 mil.

Através de investimentos e parcerias, vários eventos locais ganharam força e novos eventos chegaram na capital alagoana, com destaque para a realização do Challenge Maceió, um dos grandes eventos de triathlon do mundo, que além de acontecer pela primeira vez na região nordeste, promoveu o crescimento da prática da modalidade na capital alagoana, criando empregos diretos e indiretos.

Premiação Challenge Maceió. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

O secretário Antônio Moura lembrou que o evento tem sido um divisor de águas, com um trabalho feito antes, durante e depois da prova, para manter a capital alagoana na rota do evento.

“Foi primeira edição do Challenge Maceió. Nos dias 22 e 23 de agosto desse ano foram realizadas as quatro provas de triathlon (corrida, natação e ciclismo) na Praça Multieventos, na Pajuçara. Organizadas pelo Challenge Family, as provas aconteceram entre as praias de Ponta Verde e Pajuçara, indo até a rodovia AL-101 Sul. Nós estivemos em Florianópolis no ano passado, e estivemos lá novamente no final de novembro desse ano, e contribuímos com a proposta para que pudéssemos sediar um evento consagrado no meio esportivo e de prestígio reconhecido pelos competidores aqui na nossa capital. Certamente em 2016 será um sucesso mais uma vez, pois são aguardados mais de 1,4 mil triatletas do Brasil e do mundo”, lembrou.

Circuito Popular de Corridas de Rua - Praça Centenário no Farol Foto:Marco Antônio/Secom
Circuito Popular de Corridas de Rua – Praça Centenário no Farol
Foto:Marco Antônio/Secom

O incentivo ao esporte não passou apenas pelo triathlon ou pelo futebol, esporte líder de procura pelos maceioenses, mas também por modalidades como a corrida de rua, vôlei, basquete, entre outras modalidades que não encontravam recursos, mas também um apoio logístico para realização de eventos.

Atletas de alto rendimento ainda podem esperar melhorias e novos espaços para a prática de suas respectivas modalidades. Um projeto que é aguardado e parece estar a caminho é o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), que também abrirá espaço para a nova geração.

“Ainda no Benedito Bentes, também conseguimos garantir a construção do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), na Praça Padre Cícero, com objetivo de ampliar a oferta de insfraestrutura de equipamento público esportivo. Será implantado um modelo de CIE constituído por uma arquibancada para 177 lugares, área de apoio, com administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia, sanitário público. O CIE, é um equipamento de fundamental importância para fomentar a prática esportiva, principalmente, para jovens e adolescentes, trazendo a inclusão social. E, sendo na área do Benedito Bentes, a importância fica ainda maior por ser uma área que é muito populosa e tem carência de equipamentos de esporte. O CIE aguarda as fases de licitação e assinatura de ordem de serviço”, explicou Moura.

Contato do poder público com as federações foi fundamental

Há alguns anos, federações esportivas em Alagoas não apresentavam documentos legais para realização de eventos, formalizar secretarias entre outras decisões. Com o passar do tempo, dirigentes esportivos conseguiram regularizações, mas ainda faltava o contato com o poder público, o incentivo.

“Já sobre o respeito e incentivo às federações, nós adotamos o diálogo constante com os presidentes e diretores de federações e associações esportivas como forma de impulsionar o crescimento dos mais variados desportos e também a descoberta de novos talentos”, disse Antônio Moura.

A partir desta aproximação, tanto com os representantes de entidades esportivas, como também de comunidades, foi possível detectar a necessidade de cada localidade, na área esportiva.

Quadra-no-Jacintinho

Prefeito Rui Palmeira e secretario de esportes Antônio Moura acompanham projeto

Investimentos foram feitos em reformas de quadras, em equipamentos na orla da capital, na ampliação de atividades na Vila Olímpica Lauthenay Perdigão e no estímulo para que os maceioenses possam voltar a frenquentar praças e quadras da capital. Já foram reformadas as quadras Tenente Madalena, em Cruz das Almas, e as do Mirante do Jacintinho, Xisto Gomes de Melo e da Grota do Rafael, Roberto Menezes, na Jatiúca, e também a quadro do terminal do Vergel do Lago. Está previsto ainda, um novo lote de reformas para 20 quadras para serem revitalizados. Na orla, a Semel tem recuperado equipamentos de lazer e capitaneado recursos para instalação de estações de ginásticas conhecidas por Mobiliário Urbano Esportivo (MUE) – para musculação e alongamentos, nas orlas da Pajuçara, Ponta Verde e Cruz das Almas, inclusive na Avenida Pontes de Miranda. No Osman Loureiro, na parte alta, uma estação de ginástica também foi instalada para que os moradores possam caminhar e correr sabendo que têm um equipamento ideal alongamentos.

Neste sentido, um dos principais projetos colocados em prática, foi a Academia Maceió. Em uma parceria com o Banco Itaú, a academia ao ar livre foi inaugurada em frente ao Corredor Vera Arruda, na orla da Jatiúca, num espaço de 180 metros quadrados de base forrada com grama sintética. No espaço cercado, 20 aparelhos para musculação em aço inoxidável e resistentes à maresia, além de pesos, halteres e colchonetes compõem o maquinário ofertado. E em outra parceria, o uso dos equipamentos da academia tem sido monitorado por professores e estagiários da faculdade Estácio em trabalho conjunto com a equipe gestora da Semel.

Inauguração da Academia Maceió Foto:Marco Antônio/Secom Maceió
Inauguração da Academia Maceió
Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Cada Minuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *